Rio de Janeiro, . | Direito, Economia


Sobre as indenizações por mortes em presídios

Recentes confrontos entre facções criminosas dentro de presídios em Manaus causaram a morte de 64 detentos. O governador do Amazonas prontamente anunciou que o seu estado irá indenizar os parentes dos falecidos. Informações divulgadas pela imprensa sugerem que cada família poderá receber aproximadamente R$ 50 mil. Argumenta-se neste texto que tais indenizações são moralmente viciadas.

Rio de Janeiro, . | Esquerdismo, Socialismo


PSOL: um partido revolucionário

O PSOL é sabidamente uma organização de esquerda. Porém, a sua natureza extremista raramente é mencionada. O partido não tem como objetivo meramente reformar a ordem econômica e social estabelecida pela constituição de 1988. A análise do seu programa deixa claro que ele deseja destruir tal ordem e implantar um regime socialista no Brasil. Adicionalmente, o partido tem plena consciência de que essa transformação radical requer uma revolução.

Rio de Janeiro, . | Liberdade, Socialismo


Socialista comete ato falho ao visitar Cuba

Um admirador do socialismo, o qual goza de elevada reputação entre os seus correligionários, visitou Cuba recentemente. As informações disponíveis no perfil que a pessoa mantém no Facebook sugerem que um dos objetivos, senão o principal, da visita foi comparecer às cerimônias fúnebres de Fidel Castro. Conforme será detalhado abaixo, ele cometeu um ato falho que muito revela sobre o que é a realidade de uma nação socialista.

Rio de Janeiro, . | Esquerdismo, Política, Socialismo


Não, o PT não é igual aos demais partidos

De acordo com as informações recentemente divulgadas pela imprensa nacional, as delações premiadas dos executivos da Odebrecht atingem uma vasta gama de partidos. A proeminência de vários dos políticos citados e o fato de as denúncias alcançarem até mesmo partidos que se opuseram aos governos petistas podem fazer com que se solidifique entre os brasileiros a equivocada noção de que "o PT é um partido como outro qualquer".

Rio de Janeiro, . | Esquerdismo


O socialista rico: aproveitador ou narcisista?

O socialista rico é uma figura contraditória. Ele desfruta das diversas benesses que somente o sistema capitalista é capaz de proporcionar e simultaneamente prega que o Brasil e os demais países do mundo devem aderir ao socialismo. Além de ser inconsistente, tal postura revela que ele é um aproveitador inescrupuloso ou um narcisista egocêntrico.