Rio de Janeiro, . | Democracia, Esquerdismo, Liberdade, Política


O que está em jogo na eleição presidencial de 2018

Alexandre B. Cunha

No último domingo o Brasil assistiu perplexo a mais um ataque do PT às instituições do país. Um juiz notoriamente petista determinou, de forma absolutamente ilegal, que a polícia federal libertasse o Lula. Felizmente, o ‘truque’ esquerdista fracassou e o líder do culto vermelho permaneceu devidamente preso. Discute-se neste texto como esse episódio ilustra o que efetivamente está em jogo na próxima eleição presidencial.

A vergonhosa atuação do magistrado esquerdista e dos demais envolvidos na fracassada tentativa de libertar o Lula evidenciam, de forma contundente, o completo desapreço do PT pelas leis, pela justiça e pelas normas democráticas. Este autor já havia abordado essa questão em uma série de seis textos e nos artigos PT: um partido revolucionário e Não, o PT não é igual aos demais partidos. Conforme discutido naqueles ensaios, o PT não respeita a separação entre os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário; não aceita a separação entre partido, governo e estado; quer controlar a imprensa; deseja converter o Itamaraty, o Ministério Público, a Polícia Federal e as Forças Armadas em sucursais do partido etc. Em síntese, o PT é uma organização de extrema esquerda que deseja submeter o povo brasileiro a uma ditadura socialista.

Se tiver sucesso na eleição de 2018, muito provavelmente o PT tentará se apossar de todas as instituições da República.

Dito isto, considere o que ocorrerá se o PT retornar ao Palácio do Planalto. Evidentemente, em tal cenário o Poder Executivo estará sob o controle do partido. Muito provavelmente o PT voltará a aplicar o golpe de comprar apoio parlamentar. Adicionalmente, o partido estará apto a indicar juízes para todos os tribunais federais. Ou seja, os petistas controlarão dois dos três poderes da República e estarão aumentando a sua influência no terceiro.

É um erro sério assumir que a nossa República possui salvaguardas fortes o suficiente para impedir que o PT consiga destruir a liberdade e a democracia. De fato, apesar de serem deficientes em diversas dimensões, as nossas instituições foram suficientemente robustas para não serem completamente capturadas pelos petistas durante os treze anos que eles governaram o Brasil. Contudo, há um limite para tal resistência. À medida que indicar juízes, promover oficiais das Forças Armadas etc, o PT ampliará a sua nefasta influência dentro da máquina estatal. Cedo ou tarde, essa influência terá crescido a ponto de permitir que o partido se eternize no poder, seja por meio de eleições fraudadas e/ou manipuladas ou mediante um golpe de estado.

O magistrado de toga vermelha mostrou, para todo o Brasil, o que um militante da esquerda radical infiltrado na máquina pública é capaz de fazer. Seria ingênuo demais supor que ele é o único indivíduo disposto a colocar o seu cargo público a serviço do PT. Certamente há muitos outros radicais decididos a agir de forma similar quando houver uma oportunidade. Se o partido não for derrotado em 2018, eventos análogos se tornarão mais prováveis. No limite, poderemos ter o desprazer de descobrir, da pior maneira possível, que há petistas comandando tanques do Exército, navios da Marinha e aviões da Aeronáutica. Afinal de contas, o próprio PT já declarou que se voltar ao poder irá “promover oficiais com compromisso democrático e nacionalista”.

Concluindo, o PT é uma organização de extrema esquerda que tem como objetivo central transformar o Brasil em uma tirania socialista. E, conforme a nação testemunhou no último domingo, os seus militantes não hesitam em atropelar as suas obrigações profissionais, as normas legais e os princípios democráticos quando acreditam que tal comportamento é benéfico à causa abraçada pelo partido. Assim sendo, não são apenas quatro anos de governo que estão em jogo na próxima eleição presidencial. Na verdade, aquilo que efetivamente está em jogo é a sobrevivência do Brasil como uma nação minimamente livre e democrática.


notificações por email
Informe o seu endereço na caixa abaixo e clique no botão enviar para ser notificado por email sempre que um novo texto for disponibilizado no blog.


compartilhe este texto