Arquivo Mensal: setembro 2016

Rio de Janeiro, . | Economia


O desafio do ajuste fiscal: considerações adicionais, parte 2

Variações na taxa de inflação afetam o superávit primário que o governo necessita gerar para estabilizar a relação entre dívida pública e PIB. Discute-se neste breve texto como que esse fato pode impactar os valores apresentados no artigo O desafio do ajuste fiscal.

Ler mais.
Rio de Janeiro, . | Economia


O desafio do ajuste fiscal: considerações adicionais, parte 1

Conforme discutido no artigo O desafio do ajuste fiscal, o Brasil precisa implementar um forte ajuste fiscal para que a relação entre a dívida pública e o PIB se estabilize. Argumentou-se naquele ensaio que uma estimativa otimista sugere que o ajuste fiscal em questão deve ser igual 4,42% do PIB. Apresentam-se neste breve texto algumas considerações adicionais sobre essa questão.

Ler mais.